Destinos para Viajar de Moto pelo Brasil

Os motores fazem correr atrás da Highway. E quem leva a vida em duas rodas, não tem medo algum das estradas da vida, que aliás, podem levar o viajante para diversos destinos. Vento na cara, um destino aberto e a sensação de liberdade. Inclusive, há estradas que levam a diversos destino pelo Brasil!

publicidade

Viajar de moto é ter a liberdade batendo na cara, é aproveitar a paisagem de uma forma única. Mas, para tudo correr perfeitamente, deve haver planejamento prévio, dando atenção à proteção, com capacetes, luvas, tripé de segurança e uma jaqueta de couro. Também a vistoria da sua moto é muito importante. Tudo isso para fazer uma viagem inesquecível.

Para você que não dispensa a emoção da motocicleta, aqui vão algumas dicas de destinos para conhecer sobre as duas rodas.

publicidade

Estrada Real – Minas Gerais a o Rio de Janeiro

Pensa em uma estrada do século 17. Sim, ela existe e é a Estrada Real, que liga Minas Gerais ao Rio de Janeiro. Para quem quer conhecer um pouco da história ou até mesmo revivê-la, essa estrada pode ganhar seus motores.

publicidade

Durante o ciclo da mineração brasileira, praticamente tudo que era extraído das terras tupiniquins deveria ser enviado para a coroa portuguesa como forma de tributo, e o único modo era de navio, claro. Para chegar até os portos, foi feita uma conexão: a estrada Real – Ouro Preto – Paraty.  São 1600 km de trajeto, sendo 80% em estrada de terra e quatro rotas: Caminho velho, Caminho Novo, Caminho dos Diamantes e Caminho Sabarabuçu. Para ajudar, o Instituto Estrada Real disponibiliza itinerários de acordo com seus interesses.

Essa é uma viagem longa e tranquila. Ao longo do trajeto inúmeras cidades com estrutura hoteleira para receber quem pela estrada real passa.

São pousadas que datam os séculos XVIII e XIX, igrejas e museus que juntos contam um pouco da história do Brasil. Para quem gosta de aventura, há parques que oferecem o ecoturismo: Parque Estadual Ibitipoca – Minas Gerais e Parque Nacional da Serra dos Órgãos – Rio de Janeiro.

Linha Verde – Bahia

A Linha Verde une Salvador a fronteira com Sergipe, passando pelas praias do litoral. O trecho vai da Praia do Forte, Mata de São João, Mangue Seco, terminando em Jandaíba. É uma rota tranquila pelo litoral norte da Bahia. Tudo isso com muita comida baiana, vilas típicas e praias – muitas delas. São 217 km de estrada privatizada, o que oferece boas condições para os motoqueiros.

Ao longo do litoral é possível encontrar diversas pousadas, hotéis e resorts de luxo, conforme seu bolso permitir. São vilas simples com opções de restaurantes, como Imbassaí que oferece uma moqueca dos deuses. Logo para frente, chega-se a Costa do Sauípe, com manguezais e um ótimo polo hoteleiro.

Recomenda- se viajar na temporada para poder presenciar a desova da tartaruga marinha por todo esse litoral, especificamente na Praia do Forte com o Projeto Tamar. Se sua escolha for nos meses de julho a outubro, poderá ter a companhia das baleias jubarte.

Rota do Sol – Rio Grande do Norte

A rota do sol, como o nome diz, é bem convidativa. Lembra verão, calor e praias – pois, estamos no nordeste. Essa estrada vai do litoral sul da capital Natal até a Praia da Pipa, passando por muitas praias, parques, lagoas, convidando o viajante a experimentar os seus encantos: águas azuis, dunas e passeios de barco. Você irá conhecer: as praias de Cotovelo, Búzios, Barreta, Tabatinga, Camurupim e Pirangi.

A melhor época para ir é o verão, mas há quem prefira viajar no inverno, para aproveitar as temperaturas mais amenas – ou nem tanto, afinal, no nordeste é sempre verão.

Atenção à dica: cuidado com a estrada, principalmente os que começaram a cair na estrada agora A estrada requer cautela por alguns pontos bem difíceis, além de estreitos e pelos animais silvestres que invadem a estrada. Essa estrada não deixa de ser um desafio! É uma rota tida como paradisíaca e classificada como uma das mais bonitas do Brasil. Vale a pena!

Estrada das Hortênsias – Rio de Janeiro

A Estrada das Hortências, no Rio de Janeiro, é a junção entre beleza e natureza. Uma estrada pequena, com 38 km e várias hortênsias.  É uma rota eu inclui cidades da serra fluminense, como as histórias Teresópolis e Petrópolis, as Itaipava e Nova Friburgo com seu ar serrano, até chegar a pacata Sana.

O seu ponto final é calmo, recheado de belas cachoeiras e uma natureza que sugere um momento de contemplação e descanso merecido. Há várias opções de pousadas e chalés aconchegantes em todas essas cidades que estão pelo caminho.

Serra do Rio Rastro – Santa Catarina

A estrada Serra do Rio do Rastro fica no estado de Santa Catarina e é a mais procuras por quem não dispensa diversão e aventura sobre duas rodas. O caminho é cheio de curvas na serra de Santa Catarina, com locais com uma natureza fantástica e muitas cachoeiras.

Indica-se que se hospedem em São Joaquim, pois tem uma boa infraestrutura turística.

A pergunta que fica no ar é quando visitar? Durante o verão e primavera, as temperaturas são mais amenas em comparação a outras regiões do Brasil, além da paisagem verde ser predominante à vista. Mas uma coisa é certa, no inverno a serra se transforma e um local encantador, quando toda a serra é tomada pelo branco da neve. Se o frio for a sua paixão, fique atento a algumas coisas.  Em épocas de muita chuva ou geada, a estrada pode ser fechada por motivos de segurança.

Estradas Rio – Santos

moto

Essa estrada é famosa no país todo, além de ser habitualmente escolhida por motociclistas pela beleza natural que oferece: visão privilegiada das serras da Mata Atlântica e o mar. A Rio-Santos dá acesso a cidades como São Sebastião, Ubatuba, Paraty, Angra dos Reis e Guarujá.

Estrada de Santos

moto

Uma hora de viagem, mas incomparáveis. Quem nunca viajou pelas curvas da estrada de Santos, não sabe o que o Roberto Carlos quis dizer.

A viagem curta é perfeita para aquele fim de semana que enjoou de São Paulo e quis ir ver o mar. Descer a Serra do Mar tem seus méritos: vista perfeita, porém é curta!

Confira Também: saiba quais são os melhores destinos para viajar sozinho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *