Pontos Turísticos de São Paulo

A cidade de São Paulo é uma cidade e tanto. Com seus milhões de habitantes e cidades adjacentes à ela, São Paulo é muito mais que a terra dos negócios e o pensamento de não ser conduzido, e sim, conduzir. Ela tem muito a oferecer no quesito turismo – afinal, a cidade que não dorme, abriga museus, parques, história e muito entretenimento.

São Paulo

publicidade

Conhecer uma São Paulo além dos estereótipos de poluição, pessoas com pressa e estressadas e congestionamentos quilométricos, é a missão desse texto. Hoje, aqui vão ser expostos alguns pontos turísticos de São Paulo para você se inspirar e ir visitar a terra da garoa.

O primeiro passo para entender a vida turística da capital paulista, é saber, que São Paulo é uma cidade plural. Ela oferece vários mundos diferentes entre si, que vivem harmoniosamente entre bairros e seus moradores – muitas vezes desconhecidos até para o mais antigo paulistano. São Paulo é praticamente a caixa de Pandora. Em meio a prédios e avenidas, podem surgir um parque ou um museu, é incrível como também o velho convive com o novo.

publicidade

Mobilidade

Quem vem de fora, pode enfrentar um pouco de dificuldades em se encontrar dentro de suas ruas. Estamos falando de uma megametrópole, aparentemente caótica aos que não estão acostumadas.

São Paulo

publicidade

Leva-se um certo tempo para entender como funciona os bairros, as zonas e as linhas de ônibus, trem e metrô. Mas, a cidade tem uma vantagem: sinalização e mapas. Um dica importante: estar próximo ao transporte público e ciclovias, simplifica e muito a vida, evitando o transito para ganhar mais tempo, por exemplo.

Outra dica: antes de sair de casa, consulte o mapa, isso fará toda a diferença na hora de explorar a cidade. Ou, como estamos falando de São Paulo, estamos falando de modernidade: há aplicativos que dão a maior ajuda para montar o itinerário com mapas e rotas. A maior mão na roda!

A São Paulo que você nunca ouviu falar

Começamos a mostrar alguns lugares de São Paulo fora do itinerário que a maioria conhece. Essa proposta é ir além da perspectiva mais tradicional – que também será abordada.

Aldeias

Quem diria que em São Paulo tem alguma aldeia indígena e floresta fechada, não é mesmo? Sim, elas existes e estão no extremo sul da cidade, em áreas de proteção ambiental, como a Capivari-Monos e Bororé-Colônia.

Nelas ainda há algumas cachoeiras, mananciais, animais selvagens e 3 aldeias indígenas.

Poxa, por essa você não esperava! Para chegar ao local, vá de transporte público: são 40 km de distância do centro. Nesses locais têm vários projetos e entidades de preservação ambiental e cultural que abrem para visitação!

Cemitério da Consolação

O Cemitério da Consolação é o mais antigo da cidade. Pode parecer um pouco assustador, mas na realidade é de uma beleza ímpar. Ali estão enterrados figuras como Mario de Andrade e Tarsila do Amaral. Anote o endereço: R. da Consolação, 1660 – Consolação.

Se contemplar as tumbas, a paisagens e os mortos não é a sua praia, não se preocupe, durante o ano há apresentações teatrais dentro do cemitério. São peças de terror bem ambientadas. Ótima experiência artística e assustadora.

Beco do Batman

Quem diria que uma viela na Vila Mariana seria um ponto turístico? O Beco do Batman é imperdível para quem aprecia arte urbana. Ela é uma galeria de grafite a céu aberto, próximo ao metrô das Clínicas. Anote o endereço: Rua Gonçalo Afonso e Rua Medeiros de Albuquerque – Vila Madalena – São Paulo.

Bolsa de Valores

Já pensou em conhecer uma bolsa de valores? Em São Paulo é possível visitar a BOVESPA. Toda aquela tensão, dinheiro e ações envolvidos, podem ser presenciada.

Aproveite que está ali e conheça o Largo do São Bento, com o seu mosteiro, o Centro Cultural Banco do Brasil e a 25 de Março para fazer umas comprinhas básicas.

A BOVESPA se encontra na Rua 15 de Novembro, bem próximo à Estação de Metrô São Bento.

Passeios tradicionais que todos tem que fazer antes de morrer

Avenida Paulista

O coração econômico da cidade, quiçá do Brasil, Avenida Paulista é sinônimo de agilidade, progresso e dinheiro. Em suas mediações está o MASP – Museu de Arte Moderna de São Paulo, o Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso, o Itaú Cultural e a Casa das Rosas.

Aproveite para conhecer o lado underground de Sampa na Augusta e a badala Oscar Freire com suas butiques de luxo.

Aos domingos, aproveite que a Avenida Paulista é só dos pedestres e curta essa liberdade rara em São Paulo.

Região Central

Conhecer o centro histórico é saber que vai andar muito a pé. Esse centro se concentra basicamente na mesma região, então é fácil seguir por ela. Em um dia pode conhecer o Pateo do Collegio, Catedral da Sé, Mosteiro de São Bento, Teatro Municipal, Edifício Martinelli, o Prédio do Banespa, Copan e o Mercadão, a Estação da Luz, o Museu da Língua Portuguesa e a Pinacoteca.

Atenção, no entanto, a possíveis assaltos! Ande sempre atento!

Parque do Ibirapuera

O Parque do Ibirapuera é um local que atrai centenas de pessoas todos os fins de semana. É quase uma meca do paulistano, mas não é para menos, ele oferece uma infraestrutura de dar inveja, além, claro do Museu de Arte Contemporânea a as Bienais.

Lago do Ibirapuera

O parque foi projetado pelo famoso arquiteto Niemeyer e tem formato de uma mulher. Dica: se você curti andar de skate, ali tem espaço para essa prática, assim como outros esportes.

Passeios alternativos para quem não gosta da mesmice

Casa da Xiclet

Localizada na Vila Madalena, o lugar é ponto de interrogação. Ali ocorre vários shows, exposições, projeções de filmes, cursos e oficinas. Um lugar para quem pertence a galeria cultural.

Casa de Francisca

Que tal uma noite romântica na melhor casa de shows de São Paulo?

Ela é pequena mas aconchegante, principalmente com o clima que um jantar à velas pode proporcionar. Ela fica nos Jardins e oferece apresentação bem intimista de shows de MPB e Jazz.

Casa da Pedra

É aquele velho ditado né: Se Maomé não vai a montanha, a montanha vai a Maomé. No caso a montanha é um casa que oferece escalagem. Isso mesmo!

No bairro da Pompeia, a Casa da Pedra é famosa por ser o maior ginásio de escalada esportiva do país. Vale a visita!

A cidade de São Paulo é democrática, grandiosa e acolhedora. Por trás dessas aparência de prima da capital, a cidade é generosa em atrações, que agradam desde corintianos a palmeirenses, gregos e troianos ou qualquer pessoa que queira descobrir seus mistérios.

Veja Também: Conheça os pacotes de feriado para o Rio de Janeiro

publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *